David da Silva Santos

David da Silva Santos

Guaratinguetá (SP)
30seguidores39seguindo
Entrar em contato

Comentários

(730)
David da Silva Santos
David da Silva Santos
Comentário · há 8 dias
Fugi do tema, é só um desabafo!

Fico pensando, quem é pior? Quem planta? Quem transporta? Quem comercializa? Quem consome?
Se quem planta não plantasse mais o usuário usaria outro tipo de droga.
E se, após a colheita não houvesse meios de transporte? O usuário organizaria uma procissão e faria um retiro rumo ao local de plantio.
E se as drogas fossem grátis? O usuário cultivaria em casa à vontade, tranquilamente! Sem repreensor. Legal! É "nóis"!
Bom, se assim fosse não há por que falar em tráfico, nem em traficante, afinal o tráfico não passa de comércio e só é tráfico e crime por que não pagam ao erário, mas não tem problema não, o Estado um dia se transformará em um grande traficante autorizando o uso "medicinal" na sociedade perfeita e utópica tão sonhada com todos educadinhos bonitinhos e sem criminosos.
O problema, eu acho, é a figura do consumidor, retira-se mentalmente, só mentalmente a figura do usuário que a coisa acaba em nada, mas... até lá coitado dos pobres usuários ou dos usuários pobres que não deixam de consumir, por que é triste a sina dos pobres, sempre marginalizados e drogados em potencial.
Ai de mim, que sou pobre, não sei por que o raio da educação salvífica e redentora chegou só pra mim e portanto, por causa dela eu não quis ver, não quero ver e tenho raiva de quem vê a droga, acho que esqueci que sou pobre. Devo ser um predestinado a salvação, eu e todos os pobres que es-co-lhe-mos não tocar em nada ilícito apesar da pobreza que nos fustiga.
David da Silva Santos
David da Silva Santos
Comentário · há 13 dias
Nada neste mundo tem o poder de resolver o problema da criminalidade, nada! Quem sonha com um mundo livre do crime é um romântico sonhador que ama olhar a lua e ver a quase morte eterna do dragão sob a lança do cavaleiro.

Quem são as pessoas mais educadas do país? Não são exatamente as que cometem os piores crimes? Olha lá o médico Omar Cesar, que estuprava as pacientes no consultório em Florianópolis, e o Abdelmassih (51 mulheres)? Não era educado, estudado, profundo conhecedor das letras e de uma das mais nobres profissões no país? E os deuses, ops, juízes? Também carecem de educação? Que dizer dos políticos, fraudadores do erário? Não são educados, por isso cometem crimes ou não tiveram oportunidades igual os pobres não as tem e por isso se lançam ao crime como predadores as presas?

Caros! O sr. de engenho também tinha educação suficiente até para controlar os reis e usaram isso para implementar a única ditadura real que o Brasil já teve; ao preto pão, água e morte... e serviço!

Acordemos! O crime é opção e não questão de educação ou falta dela e ninguém, nem escola alguma põe vergonha na cara nem ensina a pessoa a ter caráter, a pena é pena, devia ser encarada com uma retribuição ao mal praticado apenas, não a de morte, pois já está provado também que não adianta, o crime está ai para ficar enquanto houver ser humano, mas o sujeito criminoso, rico ou pobre, com ou sem escola, quando resolve delinquir ninguém o impedirá, mas quando decide não se corromper não há ser no mundo que o faça mudar, nem a mais tentadora oferta oriunda das mãos do próprio satanás, da mesma forma a pessoa criminosa, se decidir e se emendar será um bom cidadão.

Isso que digo é até óbvio, mas os muitos delírios teóricos impedem a claridade mental. Ninguém reintegra ninguém a sociedade, mas o próprio interessado que vê na oportunidade oferecida uma fuga e muda para o bem, isso é ato unilateral e pessoal.

Pena de morte, se pudesse, ou perpétua não seria, não é, e nunca será para resolver, isso não existe, a solução, mas apenas uma retribuição, mas como se diz, já que Hamurabi não pode então que venha o crime e a nós a morte nas mãos do bandidos.

Recomendações

(585)
Renato Ocelio Moreira, Advogado
Renato Ocelio Moreira
Comentário · há 14 dias
Correto, venho numa luta há mais 05 anos pela guarda compartilhada, na ocasião meu filho contava com 07 anos, já no divórcio deixei imóvel com móveis na tentativa de conseguir a guarda compartilhada, a ex fez um escândalo na audiência e conseguiu a guarda unilateral, fiz constar na sentença a obrigação de matricular o menor em curso extracurricular por estar mal na escola pública e a mãe exercer mesma função pública que eu, mas até hoje o menor vai mal na escola e ela continua descumprindo determinação judicial, entrei com pedido de modificação de guarda baseado em alienação parental e abandono intelectual pelo fato de dificultar a visitação e não ajudar o menor nas lições, provas atraves de Boletins de Ocorrência e fotos, ano passado me foi negado novamente a guarda compartilhada e encaminhado para estudo social/tecnico que ainda irão ocorrer, nesse periodo todo sou apenas "um visitador e provedor de alimentos" para meu filho, pois na guarda única qualquer fiscalização tem que ser oficializada. Meu filho até a data da audiencia pedia para vir morar em casa, apos a audiencia passou a se preocupar com a mãe e diz nao querer abandona-la, a alienação parental já se transformou em sindrome de alienação parental. Hoje já nem sei se vou conseguir fazer algo por ele, colocar-lo em cursos extracurriculares para tentar melhor prepara-lo para o mercado de trabalho, a mãe continua se fazendo de vítima e o adolescente crendo em tudo o que fala, nosso judiciario precisa acabar com essa cultura matriarcal e cumprir a CF/88 onde há a igualdade entre homem e mulher...

Perfis que segue

(39)
Carregando

Seguidores

(30)
Carregando

Tópicos de interesse

(12)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

ANÚNCIO PATROCINADO

Outros perfis como David

Carregando

David da Silva Santos

Entrar em contato